[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Sabedoria Popular >> Previsões do tempo ... Pub
Pub    
  Previsões do tempo baseadas no comportamento de animais ... quadrúpedes e outros

= Bois...

... que em tempo de chuva se juntem nos pastos e se apertem uns de encontro aos outros, assinalam temporal próximo;

= Cordeiros...

... que se mostrem mais ávidos enquanto pastam, indicam chuva; quando, durante a chuva ou fazendo vento, se agrupam e põem uns aos outros a cabeça sobre os lombos ficando quase imóveis, prenunciam tempestade violenta;

= Gatos...

... que esfregados no Verão e às escuras, fiquem com a extremidade dos pêlos luminosa, assinalam bom tempo; o mesmo facto verificado no Inverno, é precursor de tempo frio e seco;

= Morcegos...

... que apareçam à tarde, indiciam bom tempo; quando são em grande número e esvoaçam mais tempo do que o usual, é sinal quase certo de que o dia seguinte será quente e sereno; quando em tempo quente não aparecem nos locais do costume, sinal de chuva próxima; e quando se refugiam nos seus buracos e gritam, indicam tempestade;

= Peixes...

... Quando alguns peixes, como por exemplo as carpas, vêm frequentemente saltar à superfície da água, lançando-se para apanhar os insectos que voem baixo, é sinal de tempo tempestuoso;

= Rãs...

... que coaxem mais que de ordinário, prenunciam chuva; quando se retiram para o mais fundo da água, anunciam bom tempo, e quando saem da água e se espalham pelos campos, indicam chuva próxima;

= Sapos...

... que em noites de Verão saiam em grande número de seus buracos, prenunciam chuva;

= Toupeiras...

... que remexam a terra mais do que é costume, são também sinal de chuva;

 

Fonte: Almanaque - 1984 / Direcção Geral da Educação de Adultos
  Gosta da página? Partilhe!

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster