[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Provérbios, Adágios, Rifões, Ditados Populares, Anexins Pub

Provérbios, Adágios, Rifões, Ditados Populares, Anexins (*)
 


«O pouco com Deus é muito, e o muito sem Deus é nada.»
«A galinha da vizinha é sempre melhor do que a minha.»
«Nunca o invejoso medrou, nem quem ao pé dele morou.»
«Filho és, pai serás, assim como fizeres, assim acharás.»
«Ninguém é profeta na sua terra.»
«O hábito não faz o monge.»
«Ladrão que rouba a ladrão tem cem anos de perdão.»
«Cesteiro que faz um cesto faz um cento.»
«Grão a grão enche a galinha o papo.»
«Dura a mentira enquanto não chega a verdade.»
«A verdade é como o azeite: vem sempre ao de cima.»
«Não deixes para a manhã o que podes fazer hoje.»
«Quem conta um conto acrescenta-lhe um ponto.»
«De pequenino é que se torce o pepino.»
«A cavalo dado não se olha o dente.»
«Os cães ladram e a caravana passa.»
«Quem tem burro e anda a pé, mais burro é.»
«Quem feio ama , bonito lhe parece.»
«Água mole em pedra dura, tanto dá até que fura.»
«Cão que ladra não morde.»
«Mocidade ociosa traz velhice trabalhosa.»
«Quem em novo não trabalha em velho come palha.»
«Quem não trabuca não manduca.»
«Quem tudo quer, tudo perde.»
«Entre homem e mulher, não metas a colher.»
«Este mundo é uma bola: quem anda nele é que se amola.»
«Fui a casa da minha vizinha, envergonhei-me; vim para a minha, governei-me.»
«Mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo.»
«Mais vale um pássaro na mão que dois a voar.»
«Quem dá e torna a tirar ao Inferno vai parar.»
«O prometido é devido.»
«Outros tempos, outros ventos.»
«Pai não tiveste, mãe não temeste, diabo te fizeste.»
«Para grandes males, grandes remédios.»
«Patrão fora, dia santo na loja.»
«Diz-me com quem andas dir-te-ei quem tu és.»
«Guarda o que não presta, acharás o que é preciso.»
«Quem conta com panela alheia, arrisca-se a ficar sem ceia.»
«Não se pode agradar a Gregos e a Troianos.»

Provérbios seguintes >>>
 

(*) Recolha feita por alunos da Escola do EB1 de Sanchequias -  concelho de Vagos - distrito de Aveiro.


Voltar para o índice dos Provérbios


Pub
 

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster