[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Newsletter do Portal do Folclore Português Pub

 

 

Dia 13 de Março de 2011 - Newsletter nº12


1.- Embora a Quaresma no convide a uma introspecção e reflexão séria sobre o que tem sido a nossa vida, em relação com Deus (para os que acreditam!), na relação com os outros (“o próximo”) e connosco mesmo, também podemos aproveitar este tempo para uma visita, ainda que breve, às Amendoeiras em Flor.

É um espectáculo único da Natureza: nesta época do ano, os campos de cultivo, e não só, cobrem-se com um manto branco e rosado característico da flor da amendoeira, inundando os sentidos com cores e aromas deliciosos. E tudo isto só é possível devido ao microclima, de características essencialmente mediterrânicas, que beneficia a região do Douro Superior, pelo que aqui a Primavera anuncia-se com alguma antecedência. Atingida uma temperatura ambiente cerca dos 12 graus, as amendoeiras desentranham-se em flores brancas e rosadas e toda a paisagem se transforma. E neste ambiente as pessoas sentem necessidade de sair para o ar livre, de encher os olhos de luz e de cor.

2.- De Norte a Sul do País, esta é uma época de usos, costumes e tradições bem peculiares, relacionados com a Quaresma. Importa que, estes e outros, não sejam olvidados e que a sua autenticidade seja preservada, para que as gerações futuras tenham possibilidade de os conhecer.

3.- A Equipa do Portal do Folclore Português solicita, e desde já agradece, a colaboração que os sites e blogues dos diversos Grupos de Folclore e outros possam dar na divulgação do Portal, através da colocação de um banner ou de um simples link (ligação) de texto, na página principal ou outra.

4.- Lembramos que continuamos disponíveis para divulgar as iniciativas relacionadas com o Folclore, a Etnografia e a Cultura Popular Portuguesa, desde que nos enviem atempadamente as informações.

5.- Também continuamos disponíveis para divulgar os Grupos que não têm site, página ou blogue na internet. Saibam como clicando aqui.

A Equipa
Se quiser receber a Newsletter do Portal no seu correio electrónico, mande-nos uma mensagem.


< Aceder às restantes newsletters >
 


Pub  

 

 

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster