[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Informações Técnicas Pub

Pub

 

 
 

Preparação e realização de
Festivais de Folclore

José Pinto

IV.- REALIZAÇÃO

4.- Local para trajar

Aos elementos dos Grupos convidados deve ser disponibilizado um espaço adequado, incluindo instalações sanitárias separadas por sexo, para se poderem trajar com algum conforto.

Este espaço deve estar localizado, tanto quanto possível, perto do local da realização do Festival de Folclore ou, pelo menos, do local de início do desfile, e dar garantias de segurança para que aí possam ser deixados roupas, objectos pessoais, etc., os quais não podem nem devem ser transportados, pelos participantes, durante o desfile nem durante a actuação no palco..

É degradante, e em nada contribui para uma afirmação positiva e dignificação do Folclore (muito pelo contrário!) ver elementos trajarem-se, amontoados, dentro dos autocarros ou, ainda pior, em espaços públicos, sem qualquer decoro nem respeito por quem passa!

É tempo de acabarmos com este triste “espectáculo”, e passarmos a exigir o mínimo de condições, no respeito pelo legado dos nossos antepassados. Todos eles, se pudessem ver as “tristes figuras” a que alguns Grupos se prestam ou são obrigados a aceitar, chorariam de vergonha e negar-se-iam a aceitar que tais situações pudessem e ainda possam ocorrer.

5.- Desfile inicial

É com o desfile dos Grupos que se inicia, efectivamente, qualquer Encontro, Mostra ou Festival de Folclore.

Este não deve ser demasiado longo (cerca de 500m será suficiente) e deve ser feito em condições de segurança (nunca fazer desfiles em ruas ou estradas com trânsito!). Para evitar eventuais situações de insegurança, aconselha-se a que seja solicitado à entidade competente o encerramento das vias por onde vai passar o desfile, durante a duração do mesmo. É essencial a presença de agentes da PSP ou de militares da GNR para ordenar o trânsito e, assim, garantir a segurança dos participantes no desfile.

Ao mesmo tempo, o desfile deve ser feito por ruas e/ou estradas com boa iluminação (quando realizados à noite) onde haja pessoas a ver, e não por sítios escuros e mais ou menos desertos. Os elementos dos Grupos convidados com certeza que não apreciarão tal facto.

Sugere-se, também, que a ordem dos Grupos no desfile seja a inversa da ordem da actuação em palco, e que o último Grupo a desfilar seja o Grupo anfitrião. Assim, os elementos do Grupo anfitrião (que deve ser o primeiro a actuar) poderão ficar logo no palco, estar presentes na entrega das lembranças aos grupos participantes, e iniciar de imediato a sua actuação, poupando, assim, algum tempo com a saída (no momento do desfile) e entrada (para a respectiva actuação).

Os Grupos devem desfilar, calmamente, com algum espaço entre eles (pelo menos 10 a 15 metros), e não amontoados, permitindo, assim, que os assistentes possam ver com agrado o desfile.

Chegados ao palco, a permanência no mesmo por parte dos Grupos deve ser mínima: uma volta ao palco é suficiente para qualquer um deles se “mostrar” às pessoas presentes. Antes de cada Grupo sair, deve ficar em palco o porta-estandarte acompanhado, se possível, por um par do respectivo Grupo.


<<<Página anterior +++ Página seguinte>>>
 

Também poderá gostar de ler sobre...
»» O que são e para que servem os Festivais de Folclore?
 

 
  Gosta da página? Partilhe!
Google

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster