[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Gastronomia e Vinhos >> Ditos, Provérbios e Cantigas sobre a comida e o comer Pub
Pub    

 

Ditos, Provérbios e Cantigas

 

Antes da sopa,
Molha-se a boca.

Sopa acabada,
Boca molhada.

Quem a meio da sopa não bebe,
Não sabe o que perde.

                                (Beira Alta)

No meio dela,
Molha-se a goela.

Sopa acabada,
Goela molhada.

                                 (Coimbra)

Barriga cheia,
Pé dormente,
Vou-me deitar
Que estou doente!

                                 (Minho)

Quando se ingeriu um alimento de que se gostou, é costume dizer, como quem quer mais: «Soube a pouco!»

Gostando-se pouco de uma comida também se diz: «Soube que nem ginjas» (Lisboa) com alusão à ginjinha (ginja de infusão em aguardente)? Na Beira Baixa a expressão é: «Soube que nem figos», «…que nem nozes».

A salada deve ser temperada de azeite por um desgovernado, de vinagre por um governo e mexida por um doido (Beira. Estremadura).

A quem diz que vai comer é costume responder: «Que lhe preste!» O dito, muito português, vai sendo substituído por: «Que lhe faça bom proveito!», «Bom proveito!» Os espanhóis dizem também: «Buen provecho!» Os Alemães dizem à latina «Prosit!» No Peral ouvi assim: «Bom proveito à barriga e ao peito!»

Quando A deu qualquer comida a B e lhe cai ao chão, diz este de brincadeira. «Chraste-m’o?». Ou então diz A a sério: «Olha que não foi chorado» (Mesão Frio).

Quem comeu bem a uma refeição exclama: «Estou como um padre», «Estou como um abade».

Quem está à mesa não se faz velho.

O que não mata, farta. O que não mata engorda.

Quem se deita sem ceia toda a noite rabeia. (Porto).

Mas também se diz: Das grandes ceias estão as sepulturas cheias (passim).

E, por outro lado: Quem ceia e logo se vai deitar, má noite há-de passar (passim). É caso para lembrar o dito latino: «Post coenam centum passus

Quando fica um resto de comida na mesa usa dizer-se: «Cerimónia de Alfaiate.» Em Portalegre: «Honra de Alegrete»; em Góis (distrito de Coimbra): «Honra d’Alvares.»

De uma coisa que vem muito a propósito diz-se que «caiu como sopa no mel.»

Quem tem má boca passa mal.

Quem não trabuca, não manduca.

Quem tarde vier, comerá do que trouxer (Minho).

Quem come perdiz, a barba lho diz (Bragança).

Nem sempre galinha, nem sempre sardinha.

O que faz bem a fígado, faz mal ao baço.

Onze horas e meio-dia,
Eu aqui sem almoçar!
Qual será o coração
Que não se há-de agastar?

                                      (Vila de Rei)

Ao almoço me dão leite,
Ao jantar leite me dão,
À merenda pão com leite,
À ceia leite com pão.

                                     (Concelho de Sabugal)

Fonte: Etnografia Portuguesa - vol.VI, J. Leite de Vasconcelos

 

   

 

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster