[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Festas e Romarias Pub
Pub    
 

Festa dos Tabuleiros
Tomar

 

A Festa dos Tabuleiros realiza-se de quatro em quatro anos na cidade de Tomar. Tem como ponto central um desfile em que centenas de raparigas (vestidas de branco e cada qual ajudada pelo seu par) transportam à cabeça uma alta armação florida, constituída por pães enfiados em canas e encimada pela pomba e pela coroa do Espírito Santo. A Procissão dos Tabuleiros dá a volta à cidade e realiza-se no domingo mais próximo de 20 de Junho. (…)

Na raiz desta cerimónia (que foi regulamentada e ressuscitada nos anos 40, após a Exposição do Mundo Português) estão as Festas do Imperador, instituídas por D. Dinis e pela Rainha Santa no quadro do culto do Espírito Santo. Esta celebração, muito marcada pelos ideais franciscanos (a fraternidade, a partilha do bodo), terá influências ainda mais antigas, relacionadas com a entrega aos deuses das primícias dos frutos da terra. Resta saber se este culto do Espírito Santo – mal visto pela Inquisição por bulir com o dogma da Santíssima Trindade – não se arreigou também por influência dos Templários, cuja sede foi em Tomar até à extinção da ordem por alegada heresia, em 1307.

A coroa de prata do império da Asseiceira (1544) testemunha a antiguidade do culto em Tomar. Ainda no meio do século passado há registos de festas do Espírito Santo na cidade. Em 1879 realizou-se a primeira festa dos Tabuleiros que se repetiria mais seis vezes até 1910. A implantação de República e a I Guerra Mundial fizeram com que só voltasse a haver cortejo em 1914.

O renascimento da festa, a partir da Exposição do Mundo Português (1940), apenas reteve as características mais espectaculares do evento (o cortejo dos tabuleiros), deixando cair a tradição da coroação e dos impérios.

Pode dizer-se que a festa começa no Domingo de Páscoa, com a saída das coroas. Antigamente o cortejo saía de casa do mordomo responsável pela guarda das insígnias do Espírito Santo (como ainda sucede nos Açores). Actualmente, forma-se junto à Misericórdia (fiel depositária das relíquias) e dirige-se para a Igreja de São João Baptista onde é celebrada a missa. Realizam-se sete saídas entre a Páscoa e o Pentecostes, todas percorrendo as ruas da cidade, precedidas por fogueteiros e gaiteiros e acompanhadas por bandas de música. Criou-se o costume de as ruas serem ornamentadas e, nalgumas artérias do centro histórico, (…), a decoração à base de arcos e flores de papel só tem par na afamada Festa das Flores de Campo Maior.

Fonte: In GUIA Expresso “O melhor de Portugal” – 12 – Festas, Feiras, Romarias, Rituais

Voltar para Menu das Festas e Romarias>>>>>

  Gosta da página? Partilhe!
 
Também poderá gostar de ler...
» Festa da Mãe Soberana
Loulé
» Romaria de São Mamede
Janas - Sintra
» Festa de Santa Luzia
Castelejo
» Romaria de Nossa Senhora da Lapa
Sernancelhe
» Festa das Fogaceiras
Sta Maria da Feira

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster