[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub
 
»» Feiras >> Feira de Barcelos - As origens Pub
Pub  

 

 

 

 

 

 

 

As origens da Feira de Barcelos

A Feira de Barcelos, tal como a conhecemos hoje, é o resultado de um processo evolutivo sofrido ao longo de vários séculos, não se sabe ao certo como começou, nem como se fixou à quinta-feira. Sabe-se, contudo, que o motivo da grande popularidade que ostenta se deve à sua marcada ruralidade e à tradicional venda de “louça de barcelos” e artefactos artesanais locais.

As suas origens permanecem incertas, porém é crível que esta já se realizasse no século XIII, numa altura em que os cereais se avaliavam pela “medida de Barcelos” possivelmente, nesta época, ainda sem um local ou calendário fixo, mas é muito provável que tivesse um carácter quinzenal.

Feira de Barcelos - As origensCerto é que, no ano de 1412, em carta de 19 de Fevereiro, D. João I, a pedido de seu filho D. Afonso, 8º Conde de Barcelos, instituiu uma feira de ano a realizar entre os dias 1 e 15 de Agosto no Campo do Salvador (actual Campo da Feira), conforme atesta a seguinte citação: “… D. Afonso I concedeu ao concelho de Barcelos uma feira franqueada anual, de quinze dias, de 1 de Agosto até ao dia da Santa Maria de Agosto “por Noyte”, pois tivera informação que nesse tempo ela não prejudicaria as outras feiras, “que se fazem”, e concedeu também que essa feira gozasse todos os privilégios e franquias que tinha a de Trancoso” – in Virgínia Rau.

Esta feira sofreu várias alterações ao longo dos tempos, mudando várias vezes a data da sua realização, chegando a realizar-se em Outubro e, em 1455, já se encontra documentada a sua realização por altura das comemorações do Corpo de Deus, sendo que a realização da feira nesta última data chegou quase aos nossos dias.

No século XVI, assiste-se à expansão da vila de Barcelos para fora das muralhas, motivada pelo aumento populacional e o aparecimento miraculoso de uma Cruz no chão das imediações do actual Campo da República, em Dezembro de 1504. Este acontecimento deu origem à romaria de 3 de Maio e à afamada “Feira das Cruzes”, realizada entre os dias 1 e 3 desse mês.

A evolução da Feira de Barcelos, com o seu estabelecimento em local mais aproximado ao da actualidade, ou seja, nas imediações do Tempo do Senhor Bom Jesus da Cruz e com cariz semanal, à quinta-feira, deverá remontar a finais do século XVII ou ao século XVIII
In: Folheto promocional

Página seguinte>>>

Voltar ao menu das Feiras

  Gosta da página? Partilhe!


Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster