[ INÍCIO ]   [ Sobre o Portal ]  [ FAQs ]  [ Registar site ou blog ]  [ Enviar informações ]  [ Loja ]   [ Contactos ]

 
"Temos obrigação de salvar tudo aquilo que ainda é susceptível de ser salvo, para que os nossos netos, embora vivendo num Portugal diferente do nosso, se conservem tão Portugueses como nós e capazes de manter as suas raízes culturais mergulhadas na herança social que o passado nos legou."  (Jorge Dias)
 
 
 
Arquitectura e construções
Artesanato
Cancioneiros Populares
Danças Populares
Festas e Romarias
Grupos de Folclore
Gastronomia e Vinhos
Instrumentos musicais
Jogos Populares
Lendas
Literatura Popular
Medicina Popular
Museus Etnográficos
Música Popular
Provérbios
Religiosidade Popular
Romanceiros
Sabedoria Popular
Superstições e crendices
Trajos
Usos e Costumes
 
Agenda de iniciativas
Bibliografia temática
Ciclos
Feiras
Festivais de Folclore
Glossário
Informações Técnicas
Loja
Permutas
Pessoas
Textos e Opiniões
Turismo
 
SUGESTÕES
Calendário agrícola
Confrarias
Datas comemorativas
Feriados Municipais
História do Calendário
Meses do ano
Províncias de Portugal
 
 

Pub  
   
»» Os principais tipos de dança Pub

Pub

   
  Os principais tipos de dança

«Porque o Homem, desde o seu estado primitivo até hoje, sempre praticou a Dança, concluir-se-á que as danças actuais - quer as das actuais sociedades primitivas, quer as das sociedades evoluídas - tendo a sua origem nas danças primitivas delas ainda guardam alguns aspectos.

Assim - e exemplificando o problema que, na verdade e em si, é de uma complexidade que transcende as características de iniciação e divulgação destes cadernos (*) - poderemos apontar os vários tipos de danças que a Humanidade, ao longo dos séculos, tem praticado e ainda hoje pratica:

 
 

  danças de ritos de passagem

 

  danças fúnebres

 

  danças guerreiras

a) Danças Ritualistas      

  danças agrárias

 

  danças de trabalho

 

  danças astrais

 

  danças mágicas

b) Danças Religiosas - as que se integram no ritual religioso.

c) Danças Cerimoniais - as que se integram em cerimónias cívicas ou cerimónias sociais.

d) Danças de Sedução - de carácter erótico para seduzir o sexo oposto.

e) Danças Gímnicas ou Olímpicas - de mero adestramento físico.

f) Danças de Diversão - que podem ser palacianas (de salão) ou folclóricas.


Quanto ao seu esquema coreográfica as danças dividem-se em:

a) Danças em fila ou processionais

b) Danças em fila aos pares

c) Danças de roda

d) Dança de roda aos pares

e) Danças de frente - uma fila de homens em frente de uma fila de mulheres ou duas filas alternadas de homens e mulheres de forma a que em frente de cada homem se coloque uma mulher.

f) Danças de cruz

g) Danças de solo - para uma só pessoa.

h) Danças de um só par - de frente a frente ou com o par abraçado.

i) Danças de enleio ou de serpentina
j) Danças de saltos - em que os executantes saltam uns sobre os outros como no jogo do eixo.
k) Danças de espadas - danças guerreiras executadas com espadas ou paus.


Encontramos, ao longo da História, todos estes esquemas coreográficos quer entre as sociedades primitivas de outrora e actuais quer entre as sociedades evoluídas; e entre estas, tais esquemas coreográficos estão presentes tanto nas danças palacianas, como nas danças folclóricas, quer na Idade Média e na Renascença como nos séculos XVII e XVIII, quer na Época Romântica (século XIX) como nos dias de hoje.»

 
In "A dança e o ballet" (I) - Cadernos FAOJ - Série A, Tomás Ribas

Voltar a Danças Tradicionais/Populares>>>

  Gosta da página? Partilhe!

Pub

     

        

Se não encontrou nesta página o que procurava, pesquise em todo o Portal do Folclore Português
 



Acompanhe, em primeira mão as actualizações do Portal do Folclore Português:

FOLCLORE DE PORTUGAL - O Portal do Folclore e da Cultura Popular Portuguesa não se responsabiliza pelo conteúdo dos sítios registados
© Copyrigth 2000/2014  - Todos os direitos de cópia reservados - Webmaster