Grande Cancioneiro do Alto Douro - Volume III

O terceiro volume estuda a poética das letras das cantigas tradicionais do Alto Douro, numa perspectiva estética e histórica, etnográfica e sociológica, desde o Galego-português e a fundação da Dinastia de Borgonha, com a instalação de Cister no Vale do Varosa.

Os Galegos (e com eles os serranos de Barroso e do Marão) forneceram a maior parte da mão-de-obra para a plantação e manutenção das vinhas do Alto Douro, trazidas da Borgonha pelos monges de São Bernardo (Cister), desde os tempos do Conde D. Henrique e Egas Moniz.

São referidas as principais fontes de difusão das cantigas populares, desde Santiago de Compostela à Senhora da Serra do Marão, do Viso, do Socorro, dos Remédios... noutro volume também com 640 páginas.


    

Encomendar via email

Página inicial